Topografia

COMPARTILHE:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

A palavra topografia vem do grego “topos” que significa lugar e “graphen” que significa descrição. Assim, essa é uma ciência que pode ser definida como a descrição (minuciosa) de um lugar.

A topografia nasceu alinhada com a cartografia (ciência que estuda mapas) e se encarrega de descrever todas as características da superfície de um lugar. Como relevo, declínio e outros acidentes geográficos.

É aplicada em áreas de pequenas e médias regiões geográficas. Já o estudo de áreas muito grandes, como planetas inteiros, por exemplo, é nomeado de geodésia.

Desde as antigas civilizações, o ser humano se preocupava em medir seu espaço. Babilônicos, chineses, egípcios, gregos e romanos já utilizavam processos e instrumentos rudimentares que descreviam propriedades urbanas e rurais a fim de cadastramento dessas terras.

Porém, apenas no século XVII é que os estudos de topografia começaram a ganhar proporção. Isso aconteceu graças a invenções importantes para medições topográficas, como o barômetro de Torricelli e o cronômetro de Harrison.

A Topografia tem por principal objetivo representar graficamente, através da planta de levantamento topográfico, todas as características de uma área, incluindo o relevo, curvas de nível, elementos existentes no local, metragem, cálculo de área, pontos cotados, norte magnético, coordenadas geográficas, acidentes geográficos, etc. Devendo a planta topográfica ser elaborada através de utilização de equipamentos apropriados e métodos de medição e representação gráfica considerando-se os parâmetros, metodologia e legislação a fim de fornecer um trabalho topográfico de acordo com as normas técnicas.

 

Divisão do estudo topográfico

O estudo da topografia se divide em 4 áreas básicas:

  • Topometria ou levantamento topográfico:medição precisa de distâncias e ângulos de um terreno. São divididos em levantamento planimétrico, altimétrico e planialtimétrico.
  • Topologia:análise e interpretação dos dados coletados.
  • Taqueometria:medição das altitudes – o que permite a elaboração de curvas de nível em cartas topográficas.
  • Fotogrametria:permite conhecer o relevo de uma região a partir de fotografias.

Para que serve a Topografia?

O objetivo da topografia é representar através de uma planta de levantamento topográfico todas as características de uma área. A topografia é essencial para a implantação (chamada de locação) e acompanhamento de obras, como projetos viários, rodoviários e ferroviários, edificações, loteamentos e movimentação de terra.

Com os serviços de topografia é possível compreender as possibilidades de construção em determinado terreno. Como descobrir o melhor tipo de fundação, de edificação, entre outros fatores para executar uma obra que proporcione o melhor aproveitamento do terreno.

Isso é essencial para evitar erros de execução e prejuízos. Confira os principais serviços que a topografia abrange:

  • Demarcação de limites de terreno;
  • Locação de estacas e fundações;
  • Cadastro de superfície;
  • Retificação de áreas;
  • Georreferenciamento e regularização de áreas rurais;
  • Batimetria (medição de profundidade) em barragens, lagos e rios;
  • Entre outras aplicações.

A importância da Topografia na Engenharia Civil e Arquitetura

A topografia está envolvida no desenvolvimento urbano e social, sendo uma atividade muito importante para projetos arquitetônicos e de engenharia.

Isso porque um levantamento topográfico possibilita ter uma visão real do terreno. Com essa análise, é possível verificar a condição do solo que vai abrigar determinada infraestrutura.

Assim, são observados acidentes geográficos (naturais e artificiais) e outras particularidades de forma detalhada, determinando se essa área tem condições seguras para a execução de determinada construção.

Esse estudo topográfico também proporciona ao dono do terreno saber se a propriedade adquirida (ou que se pretende adquirir) é um bom empreendimento imobiliário ou não.

Mas lembre-se: para evitar erros e prejuízo, as atividades topográficas precisam sempre ser feitas por profissionais credenciados e experientes. Eles vão saber manusear e utilizar instrumentos de alta precisão que são essenciais para uma medição sem erros!

Instrumentos utilizados na Topografia

Conheça abaixo alguns dos principais instrumentos utilizados na topografia:

  • Estação Total: instrumento eletrônico utilizado para medir ângulos e distâncias. Ele permite que os dados coletados em campo sejam gravados e depois descarregados e processados no computador.
  • GPS: utilizado para fornecer a precisão da posição geográfica em curto espaço de tempo.
  • Nível óptico de precisão:serve para indicar ou medir inclinações.
  • Softwarespara projetos e cálculos topográficos.

Por que realizar a topografia de uma área rural?

Em primeiro lugar, a importância da topografia dessas áreas está ligada a uma exigência legal. Basta salientar que o procedimento é determinado pela Lei 10.267/2001. Essa nova legislação foi criada para substituir outras 3 leis muito antigas:

  • Lei 4.947/1966;
  • Lei 5.868/1972;
  • Lei 6.015/1973.

Como é possível imaginar, o conjunto dessa legislação aborda a situação e atualização cadastral das propriedades rurais. Vale destacar ainda que essas leis formam um conjunto mais amplo. Esse cenário abrange as normas vinculadas à regularização de áreas localizadas em ambiente rural.

Além da obrigatoriedade legal, a topografia é essencial para evitar questionamentos territoriais na Justiça. Afinal, o elevado grau de exatidão do processo diminui consideravelmente a grilagem de terras — expressão que caracteriza a falsificação documental com o fim de se tomar as terras para si.

Conforme a legislação em vigor, o proprietário de área rural deve se atentar aos prazos para regularizar o seu imóvel perante o INCRA. Entre 4 prazos estabelecidos pelo órgão, apenas dois ainda não venceram.

O prazo mais próximo é o de 20/11/2019. Nesse caso, a atualização cadastral é válida somente para os imóveis com áreas entre 100 e 25 hectares. A segunda data é 20/11/2023, prazo final para a regularização das áreas inferiores a 25 hectares.

As demais datas são dos anos de 2013 e 2016. É importante frisar que a perda dos prazos implica em:

  • Impedimento de confecção de escritura de compra e venda;
  • Impossibilidade de registro de qualquer atualização na matrícula do imóvel.

Por fim, apenas os técnicos registrados no CREA (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia) podem executar a topografia. Essa é a única forma de o procedimento ser reconhecido pelo INCRA.

A Geotrópico é formada por profissionais altamente capacitados em soluções para topografia que atende prontamente às necessidades do mercado de forma simples e eficaz. Solicite um orçamento.

Ver